Cerveja!

Já parou para pensar no quanto de cerveja consumimos no Brasil?
É muita serva para pouco copo.

Cerveja!
Por Wenderson Cruz
Em 25/02/17

“No mercado de cerveja, o Brasil só perde, em volume, para a China (35 bilhões de litros/ano), Estados Unidos (23,6 bilhões de litros/ano), Alemanha (10,7 bilhões de litros/ano)”.
O consumo da bebida, em 2007, apresentou crescimento em relação ao ano anterior, totalizando 10,34 bilhões de litros.
Quanto ao consumo per capita, no entanto, o Brasil, com uma média de 47,6 litros/ano por habitante, está abaixo do total registrado por vários países como México (50 litros/ano) e Japão (56 litros/ano.)
Já chego a acreditar que os monopólios não estão em nenhum outro lugar ou empresa. Mas sim, junto as fábricas de cerveja!
Seja deles ou não, esse ritual está mais que comprovado em ser totalmente nosso.
Cerveja, é a bebida mais consumida no Brasil.
Sempre há:
Aquele encontro ou churrasco com a família ou amigos, almoço de domingo, livramento do calor ou somente um mero lazer em que de qualquer forma, ela precise estar lá!
Cervejeiros ou não, tudo tem seus pontos positivos e negativos. Visando primeiramente algo que encomoda a todo consumidor nato que é, o preço.
Desde a saída da fábrica, seu custo é um dos menores do mundo.
Porém até chegar ao consumidor final a cerveja sofre a incidência de uma série de tributos, deixando-a com o valor que encontramos para venda atualmente.
Pontos positivos:
O setor, que emprega mais de 150 mil pessoas, entre postos diretos e indiretos, não pára de investir.
Nos últimos cinco anos, as indústrias cervejeiras investiram mais de R$ 3 bilhões, com 10 novas plantas industriais entrando em operação, além de ampliações e modernizações em fábricas já existentes
E tais empresas, são totalmente desenvolvidas!
Elas atuam com políticas próprias de avaliação do mercado global, do market share de suas marcas e do desempenho de suas concorrentes, razão pela qual não existem estatísticas ou dados oficiais sobre a produção e o consumo total de cerveja no Brasil.
E você. Curte uma cervejinha de vez enquando?
Em meio aos efeitos que tal consumo gera em teu organismo, já pensou no processo envolvido por trás de tal ciclo que se cria ao teu consumo?
E as estatísticas nas quais nos encaixamos…

Autor: da redação

Cronista, locutor, universitário, apreciador assumido de R&B, POP e MPB. Respira o romance 24:00. Por isso, embarca em dois romances incompletos, os quais um dia sonha em terminar. Atualmente sustenta uma coluna pública no site Recanto das Letras, e escreve com mais liberdade em seu próprio blog. Já tentou ser músico, se aventurou em meio ao teatro, e ainda arrisca algo no meio humorístico. Adepto a produção publicitária, se descobriu locutor na maior idade, e faz disso um complemento a todo o seu trabalho. Apaixonado pela literatura antiga, mas não abre mão de obras atuais para passar o tempo, por mais que esteja constantemente garimpando por obras inspiradoras, e as encontrando. Admira escritores que se destacam em descrever com perfeição os sentimentos, e faz disso sua inspiração. Gosta de viajar, conhecer novas pessoas, se aventurar em meio a novos assuntos, se inspirar e escrever sobre tudo aquilo que tem oportunidade. Ama a vida, admira sorrisos sinceros, se dedica em ajudar em tudo que esteja ao seu alcance, e luta diariamente por um mundo melhor. Vive com todos e por todos, em uma união de equilíbrio, paz e luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *