Resenha. O Próximo Homem da Minha Mulher Sou Eu – por Camila Marciano

Autora: Camila Marciano
Editora: Kindle Edition
Compre na Amazon
Skoob
Goodreads
Sinopse:
Você consegue dizer o ponto exato em que o amor acaba? Consegue dizer quando as contas, a rotina e os filhos afogam o amor? Consegue dizer quando acaba o tesão?

Eu nunca soube.

Isso aqui não é uma história de dois adolescentes que se destrata, mas no fundo se amam. Eu sou um pai de dois filhos, sou casado.

Esta aqui é sobre reconquistar a mesma mulher que você já meteu uma aliança no dedo, mas deixou escapá-la por entre eles. Ela se foi e você nem viu. Esta vai para todos os cabaços que como eu, esqueceram-se que o amor não é um posto, é exercício. É um jogo de tentativa e erro com algumas regras pré-estabelecidas.

Aqui, o amor é outra coisa.

Não é à toa – Que os contos de fadas terminam no casamento e a ideia de “casamento perfeito” vem estampado num comercial de margarina.

Choque de realidade

Pai de dois filhos, Rodrigo percebeu seu casamento indo embora, somente depois que ouviu o som de seu próprio carro dando partida e sumindo de vista.
Pesa…
Quando o ápice do conflito passa, explicar para si mesmo o que aconteceu, porque aconteceu, e como será dali pra frente já é complicado, imagine ter também de dar tais explicações a duas crianças que no dia seguinte, não entendem de maneira alguma a ausência da mãe?
Mesclar uma rotina que antes nem cogitava ser sua preocupação, por mais que sempre tivesse sido um pai presente, morando na mesma casa.
Agora, os compromissos, as atividades básicas, os questionamentos, eram unicamente de sua responsabilidade.
E o Rodrigão. Será que se torna um novo homem?

Por onde seguir?

Em O Próximo Homem da Minha Mulher Sou Eu, a autora nos permite olhar em diversas direções, e escolher o nosso próprio caminho.
Com uma enorme transparência, observamos uma família normal, uma história que parece ser comum de mais para se ler, mas que nos ensina tanto…
Engajado no mundo corporativo, Rodrigo vive do marketing.
Tempo, doação de oportunidades, campanhas, contratos, reuniões, eventos, bajulações, palavras e sorrisos que precisam convencer.
Em meio a rotina publicitária, o seu tempo, literalmente, se esgotou.
O homem que tráz dinheiro pra casa, que acreditava ouvir sua esposa, e se ter em um bom acordo no exato momento em que ela decidiu largar o seu próprio trabalho para cuidar das crianças, não parecia nada tão anormal para uma rotina familiar.
Estaria tudo bem?
Com a imagem da família perfeita de fundo, com um conflito interno acontecendo.
Uma vez que a convivência se torna mecanicamente, breve.
Como manter?
Com tantos alertas de um dia eu vou embora, de você precisa nos dar mais atenção, de ela não ter o seu ápice, a 5 anos?

Fernanda foi uma mulher paciente… pra caramba!

Engenheira Civil com diversos projetos no currículo, com um passado movimentado, a última coisa que ela imaginava é que se equilibraria em um casamento por conveniência.

Mulher…
Por mais que não pareça, ela tenta.
Toma atitudes, alerta, mas também se cansa, por mais que ame, muito.
Fernanda…
Com seus sonhos de jovem em parte realizados, enfrentando a realidade de suas amigas, que agora voltaram do exterior, não a aceitam porque a Fernanda de hoje tem filhos e está casada, permanece firme, mesmo assim.

É o que O Próximo Homem da Minha Mulher sou Eu oferece. Caminhos.

O que vou encontrar?

Dóóóó?
O livro não é o que podemos chamar de engraçado, mesmo com o bom humor do Rodrigo.
porém, os digo que é divertido.
Sabe aquela leitura gostosa de se fazer, por mais que praticamente sempre, encaremos tais leituras como lazer?
Então. É assim.
Gosto desses valores.
Gosto de pessoas que colocam o diálogo saudável acima de tudo.
Gosto de pessoas que procuram entender, ou que apenas ouvem e tentam, juntos.

Dizem que o tempo do leitor é precioso, e realmente é.
E de fato, é isso que procuro em cada nova leitura que inicio.
Valorização do meu tempo, aprendizados!
Um livro que te faz ponderar:
Caramba… é isso…
Que te faz exclamar:
Cara, é isso!
Por que eu não pensei nisso antes?
Mas não. Pra nós homens, é incrível quando outro homem supera, sai de uma merda dessas que ele se enfia, sem saber.
Mas, até que vivamos o verdadeiro inferno, não é isso.
Não entendemos nada!
E o Rodrigo meio que faz um passeio por essas fases da nossa vida.
Longe de ser um cara incrível, o pior ou melhor marido, do exemplo de superação.
Mas de um cara normal, com seus diversos erros do dia a dia, cheio de gambiarras, decisões que nem sempre dão certo.
Como ele próprio já disse, esse livro passa bem longe de um conto de fadas.
Idas e vindas, e a vida.
Que nem sempre nos dá a oportunidade de recuperar o tempo perdido.
E o Rodrigo corre contra essa areia que insiste em cair.
Tá aí, um casal que ama a família…

E sabe o que eu acho?

Que todo mundo precisa de um banho de realidade de vez em quando.
Na vida, sempre tem aquele momento que nos cobra mudanças.
Aí, vamos para a parte do ou:
Ou você percebe, demonstra que aprendeu, e muda, ou observa de camarote tudo ir embora.

O principal:

Todos tem o seu próprio tempo…
Se você precisa de um banho de realidade em quanto se diverte em meio ao lazer, com toda certeza O Próximo Homem da Minha Mulher sou Eu, é para você.

Autor: da redação

Cronista, locutor, universitário, apreciador assumido de R&B, POP e MPB. Respira o romance 24:00. Por isso, embarca em dois romances incompletos, os quais um dia sonha em terminar. Atualmente sustenta uma coluna pública no site Recanto das Letras, e escreve com mais liberdade em seu próprio blog. Já tentou ser músico, se aventurou em meio ao teatro, e ainda arrisca algo no meio humorístico. Adepto a produção publicitária, se descobriu locutor na maior idade, e faz disso um complemento a todo o seu trabalho. Apaixonado pela literatura antiga, mas não abre mão de obras atuais para passar o tempo, por mais que esteja constantemente garimpando por obras inspiradoras, e as encontrando. Admira escritores que se destacam em descrever com perfeição os sentimentos, e faz disso sua inspiração. Gosta de viajar, conhecer novas pessoas, se aventurar em meio a novos assuntos, se inspirar e escrever sobre tudo aquilo que tem oportunidade. Ama a vida, admira sorrisos sinceros, se dedica em ajudar em tudo que esteja ao seu alcance, e luta diariamente por um mundo melhor. Vive com todos e por todos, em uma união de equilíbrio, paz e luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *