Resenha. Sensibilidade – por Lara Smithe

Autora: Lara Smithe
Editora: independente
Compre na Amazon
Skoob
Sinopse
Amor, palavra pura, doce e complicada.
Anthony e Bianca, ainda crianças, tiveram o vislumbre do amor, mesmo sem saber o
significado desse sentimento, na forma mais inocente e pura, do tipo em que se originam
promessas eternas e inquebráveis.

Só que a vida, com seus caminhos misteriosos, um dia
resolveu afastá-las, e o amor dos dois inocentes foi interrompido, mas ambos não conseguiram
esquecê-lo.
Os vestígios do que sentiram em tão tenra idade impregnou-se em suas almas, de tal forma
que se tornou um vazio que nada ou ninguém consegue preencher.
Como tudo na vida que vai deve voltar, mais uma vez o destino resolve mudar a rota dos dois
jovens: Bianca e Anthony terão a chance de se reencontrar, após vinte e quatro anos.
Eles não se reconhecerão, mas as suas almas, sim.
Será que o amor vai florescer novamente no coração dos dois jovens? Será possível um amor
de infância sobreviver ao tempo? Será que a sensibilidade dos sentimentos de Bianca e Anthony
virá à tona?

Brincando em um balanço descoberto a pouco no quintal da nova casa em que se instalavam,
Bianca conheceria o seu possível confidente de toda uma vida, se não fossem os desencontros do destino.

Bianca(Bibi) que se mudava a pouco com sua família para a casa visinha de Antony(Tito)
poucos anos mais velho do que Bianca, órfão de pais, morava com os avós donos de uma usina que mais tarde acabaria por herdar.

Bianca e Antony, logo de cara se identificaram.
E desde aquele momento, não se separavam.

Se não fossem por desventuras do destino e um possível conflito, se viram distantes, pelo que parecia uma eternidade.

Ambos, mesmo distantes, nunca esqueceram um do outro, por mais que as lembranças por conta do tempo se tivessem cada vez mais vagas.

24 anos se passam, e um possível acidente ocorrido com Antony, poderá juntá-los novamente.
>h1/h1< Sabe quando você conhece alguém e, de alguma maneira, sente que foram feitos um para o outro? Assim foi com o casal desse belo romance de Lara Smith. Porém, sabemos que nem sempre a vida nos dá duas oportunidades. Por isso, temos de saber as identificar. Como a atenção nem sempre se faz presente, a autora nos dá mais do que uma mãozinha! Inspiração, deleite de paixão, e toda a positividade que o universo pode nos reservar. É o que com toda certeza você encontrará em tão bela obra. Simples, leve e direto Um romance totalmente confortável de ser lido. Justamente naquele momento em que você somente quer um bom livro para passar o tempo e deixar o coração se deleitar com um banho de água morna de paixão. Curiosa a maneira em que a autora explora as voltas que a vida dá. E também, a certeza que se estabelece durante todo o livro, de que uma única escolha, pode mudar toda a história. Dependerá, nesse caso, dos personagens! Como adivinhar que em um momento tão ingênuo, podemos encontrar esse alguém que haveria de ser o nosso amor de toda a vida? Como aceitar a distância? Como reconhecer, depois de tantos anos a pessoa que tanto procuramos, e não deixá-la ir embora novamente, e ainda ter o cuidado para que nada dê errado? Sem tantas voltas, a autora explorou muito bem esses pontos, não deixando que nada passasse despercebido. Personagens tranquilos, românticos na medida certa, e até conseguindo fugir um pouco do clichê. Como já disse anteriormente, objetivo, simples e direto. Uma história simples que quase todo mundo tem igual, com um fim previsível, mas que não dá vontade de ir embora. Se você precisa ou curte um romance leve, que te conforte em um tempo vago e que também seja prático de ser lido, Sensibilidade, de Lara Smith, com toda certeza é para você.

Autor: da redação

Cronista, locutor, universitário, apreciador assumido de R&B, POP e MPB. Respira o romance 24:00. Por isso, embarca em dois romances incompletos, os quais um dia sonha em terminar. Atualmente sustenta uma coluna pública no site Recanto das Letras, e escreve com mais liberdade em seu próprio blog. Já tentou ser músico, se aventurou em meio ao teatro, e ainda arrisca algo no meio humorístico. Adepto a produção publicitária, se descobriu locutor na maior idade, e faz disso um complemento a todo o seu trabalho. Apaixonado pela literatura antiga, mas não abre mão de obras atuais para passar o tempo, por mais que esteja constantemente garimpando por obras inspiradoras, e as encontrando. Admira escritores que se destacam em descrever com perfeição os sentimentos, e faz disso sua inspiração. Gosta de viajar, conhecer novas pessoas, se aventurar em meio a novos assuntos, se inspirar e escrever sobre tudo aquilo que tem oportunidade. Ama a vida, admira sorrisos sinceros, se dedica em ajudar em tudo que esteja ao seu alcance, e luta diariamente por um mundo melhor. Vive com todos e por todos, em uma união de equilíbrio, paz e luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *