Você consegue viver sozinho?

Será mesmo que todos precisam dessa tal companhia?

Você consegue viver sozinho?
Por Wenderson Cruz
Em 11/09/17

Até gostaria de morar sozinho. Mas, confesso que olhar para essa casa vazia não é nada bom.
Certo dia, com a saída da família para mais uma viagem, fiquei parado ali, naquele tchau…
20 anos, Brasil.
Perspectivas de faculdade, trabalhos, intercâmbios, família…
E uma casa vazia.
Já pensei, tentei e até tive a experiência de me manter sozinho durante um tempo.
Será mesmo que todos precisam dessa tal companhia?
Tenha por amizades, contato familiar, proximidade afetiva e romântica…
Sou do tipo que quando estou sozinho, ligo o som, televisão, ou qualquer aparelho que emita som.
Conecto no bate papo, deixo nos falantes, pronto. Tenho companhia.
Caiu a força elétrica, com ela, a internete. E agora?
Sair pra rua? Nem sempre…
Casa vazia…
Mais liberdade, mas até quando?

Autor: da redação

Cronista, locutor, universitário, apreciador assumido de R&B, POP e MPB. Respira o romance 24:00. Por isso, embarca em dois romances incompletos, os quais um dia sonha em terminar. Atualmente sustenta uma coluna pública no site Recanto das Letras, e escreve com mais liberdade em seu próprio blog. Já tentou ser músico, se aventurou em meio ao teatro, e ainda arrisca algo no meio humorístico. Adepto a produção publicitária, se descobriu locutor na maior idade, e faz disso um complemento a todo o seu trabalho. Apaixonado pela literatura antiga, mas não abre mão de obras atuais para passar o tempo, por mais que esteja constantemente garimpando por obras inspiradoras, e as encontrando. Admira escritores que se destacam em descrever com perfeição os sentimentos, e faz disso sua inspiração. Gosta de viajar, conhecer novas pessoas, se aventurar em meio a novos assuntos, se inspirar e escrever sobre tudo aquilo que tem oportunidade. Ama a vida, admira sorrisos sinceros, se dedica em ajudar em tudo que esteja ao seu alcance, e luta diariamente por um mundo melhor. Vive com todos e por todos, em uma união de equilíbrio, paz e luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *